SUPER BLOG BETTON




19 de Janeiro de 2015

Eletropaulo diz que restabeleceu energia distribuída para São Paulo

Eletropaulo diz que restabeleceu energia distribuída para São Paulo

Há relatos de falta de energia em alguns bairros da capital paulista. 

Até as 16h15, não havia detalhes sobre impacto e motivo da medida.

Do G1 São Paulo

A Eletropaulo informou, em nota divulgada na tarde desta segunda-feira (19), que restabeleceu às 15h50 "a totalidade de sua carga de energia distribuída" para São Paulo. Ela havia sido reduzida em 700 megawatts por orientação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), órgão federal responsável pela gestão de energia no país. Até as 18h, não havia outras informações sobre o impacto e o motivo da medida.

Durante a redução da carga, anunciada pela Eletropaulo por volta das 15h20, houve relatos de falta energia em alguns bairros de São Paulo, como Campo Belo, Campos Elíseos, Santa Cecília, Pinheiros e Vila Mariana. A falta de luz também afetou regiões de Barueri. A queda de energia durou cerca de meia hora.

Procurada pelo G1, a Eletropaulo disse que os detalhes sobre a redução da carga seriam repassados pela ONS. A assessoria da ONS afirmou que iria procurar a área técnica em busca de outras informações sobre o ocorrido.

A Eletropaulo atende 20,1 milhões de pessoas em 24 municípios da Grande São Paulo. Houve queda de energia também em estados das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste. Segundo as empresas, o corte foi orientado pelo ONS.

Problema no Metrô

As estações República e Luz da Linha 4-Amarela foram fechadas porque, segundo a ViaQuatro, empresa que administra a linha, houve um problema de alimentação de energia elétrica na região da Estação da Luz. O problema começou às 14h35 e foi resolvido às 16h29, segundo a concessionária.

Em nota, a Eletropaulo disse "que não houve corte de carga para o Metrô". Segundo a companhia, "eventuais problemas podem ter sido originados por variações de frequência no Sistema Interligado Nacional (SIN), que é operado pelo ONS".

O auditor Christofer Claro relatou confusão e empurra-empurra na Linha 4-Amarela após a queda de energia elétrica. O tumulto, segundo ele, começou após o trem parar no primeiro túnel, antes da Estação República. "Ficou muito quente dentro dos vagões e as pessoas ficaram com dificuldade para respirar. Foi preciso abrir a porta à força para respirar e no final muita gente precisou descer e seguir a pé pelos trilhos até a Estação República, mas não tinha escada para subir para a plataforma. E aí houve mais confusão", completou.

Ele seguia para o trabalho na Avenida Paulista e disse que, ainda na Estação da Luz, o trem levou muito mais tempo que o normal para chegar. O problema ocorreu por volta das 14h30.  "Com a demora, concentrou muitos passageiros na plataforma. Mesmo quando o trem chegou, ele demorou para sair. Quando saiu, logo no primeiro túnel, ele parou e ficamos lá dentro um bom tempo. Só passavam a informação de que estava sem energia e de que precisávamos esperar", afirmou.

Após seguir a pé pelos trilhos até a Estação República, ele precisou ir de ônibus até o trabalho, na Avenida Paulista.

COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS (0)

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

CAPTCHA